Estamos muito gratos a você por dar a esses elefantes a segunda chance que eles merecem e da qual precisam desesperadamente. Chegou a hora de construirmos os recintos que serão a casa para machos asiáticos.

Doe Agora
Português
English

Double-click here to edit this text

Estes gigantes herbívoros são seres sencientes, autoconscientes, extremamente inteligentes e possuem sociedades bastante complexas, muito parecidas com as nossas. Considerados uma espécie fundamental, desempenham um importante papel no equilíbrio dos ecossistemas naturais em que vivem. Milhares de elefantes em cativeiro de zoológicos e circos em todo o mundo estão sofrendo. Ano após ano de isolamento, restrição, desnutrição, abuso e falta de exercícios e cuidados médicos adequados tem um impacto físico e psicológico severo. Há, aproximadamente, segundo levantamentos realizados pela equipe do SEB, 36 elefantes em cativeiro na América do Sul, 21 deles, vivem no Brasil.

Existem pouquíssimos mamíferos terrestres que possuem o intelecto dos elefantes, com quem, felizmente, dividimos nosso planeta.

Carla

Haysa

Carla e Haysa aguardavam por uma nova chance de recomeçar no Santuário de Elefantes, mas morreram aguardando em cativeiro


Em memória desta tragédia, esta campanha tem como objetivo não deixar que isso aconteça com os outros elefantes.

Doe Agora

A Associação Santuário de Elefantes Brasil (SEB) é uma organização da sociedade civil, sem fins lucrativos, que resgata elefantes cativos em situação de risco, oferecendo-lhe espaço, condições e cuidados necessários para que se recuperem, física e emocionalmente, dos anos passados em cativeiro.


O SEB é produto de uma colaboração entre a Associação de Elefantes Brasil (SEB) e outras duas renomadas organizações internacionais de defesa e estudo dos elefantes: Elephant Voices e Global Santuary for Elephants.


Tornou-se realidade em 2016, sendo o único Santuário para elefantes na América Latina, situado em uma ampla propriedade, na Chapada dos Guimarães, Mato Grosso, Brasil.


O Santuário não foi concebido, apenas, com a visão altruística de como um santuário deveria ser, mas, também, guiado por todos os elefantes que marcaram o passado de Scott e Kat Blais, que os ensinaram e permitiram fazer parte de suas vidas, mostrando-lhes o que é necessário para a cura de seus traumas, mais sombrios e tristes.


Scott e Kat Blais, com décadas de experiência no Global Sanctuary for Elephants, deixaram os Estados Unidos para juntos, seguirem seus sonhos e dirigirem o projeto piloto aqui no Brasil: “Tudo o que queríamos era oferecer aos elefantes, em outra parte do mundo, os mesmos processos de cura física e emocional, testemunhados no Santuário, nos Estados Unidos”.


O Santuário, o primeiro e único Santuário para elefantes certificado na América do Sul, é a opção mais segura para elefantes resgatados do cativeiro. Em outubro de 2016, o Santuário de Elefantes Brasil se tornou realidade com o resgate de nossas duas primeiras elefantes fêmeas - Maia e Guida. Rana foi resgatada em 2018, em 2019 chegaram Ramba e Lady, e em maio e setembro de 2020, no meio da pandemia, Mara e Bambi se tornaram as mais novas integrantes da pequena manada do SEB. O progresso atual mostra que avançamos muito, mas ainda há muito trabalho a ser feito.


Há mais elefantes esperando por uma chance e para iniciarem suas jornadas de cura, como as que Maia, Guida, Rana, Ramba, Lady, Mara e Bambi fizeram. O Santuário de Elefantes Brasil pode oferecer a experiência e o conhecimento, mas precisamos do seu apoio para tornar o santuário uma realidade para outros elefantes em cativeiro.


Juntos, somos parte da solução para elefantes em cativeiro. Estamos muito gratos a você por dar a esses elefantes a segunda chance que eles merecem e da qual precisam desesperadamente.

O Santuário de Elefantes Brasil

Cercas, recintos e elefantes!


No Santuário de Elefantes Brasil (SEB), cercas significam a liberdade tão aguardada por elefantes em cativeiro da América do Sul! O principal objetivo do SEB é garantir que elefantes tenham uma chance de mudar de vida.


É, realmente, emocionante e gratificante compartilharmos a conquista do resgate de mais um elefante, significando que o objetivo final foi, mais uma vez, atingido. Vibramos muito com os resgates de Maia, Guida, Rana, Ramba, Lady, Mara e Bambi mas, para que esses resgates se tornassem realidade, foi necessário um planejamento de longo prazo com diversas etapas a serem cumpridas, até que atingíssemos nosso objetivo final: o resgate de mais elefantes.


Enquanto realizamos o resgate de um elefante, nossa equipe continua trabalhando em todas essas fases anteriores, de forma que o resgate do próximo da lista ocorra o mais rapidamente possível. Assim, estamos trabalhando no processo burocrático de importação para trazermos Pocha e Guillermina, duas fêmeas asiáticas que aguardam transferência em Mendoza, na Argentina. Elas se juntarão a Maia, Rana, Lady, Mara e Bambi no habitat para fêmeas asiáticas. Estamos também trabalhando na construção da primeira fase do habitat para fêmeas africanas.


No SEB, as cercas significam liberdade para mais elefantes em cativeiro, à espera de resgate.

A Campanha

Habitats e Elefantes

O Santuário será dividido em 4 habitats, de tamanhos variados:

Essas estruturas são construídas com tubos de aço, reciclados, usados na perfuração de petróleo.


Atualmente trabalhamos na construção da primeira fase do habitat para fêmeas africanas. Planejamos receber Kenya, uma fêmea de 32 anos, que vive completamente sozinha em Mendoza, na Argentina e Puppi e Kukki, duas fêmeas africanas que vivem no Ecoparque de Buenos Aires. O Centro Médico do habitat de fêmeas africanas, já está construído. A nova área permitirá que Kenya, Puppi e Kuki deixem suas vidas estéreis atuais e se curem no santuário.

Doe Agora

Assim que a construção da primeira fase do recinto para fêmeas africanas estiver pronto para receber suas novas moradoras, assim que possível, a equipe do SEB iniciará a construção do habitat para machos asiáticos. Seu primeiro habitante será Tamy, uma macho asiático de 50 anos de idade, trabalhou em circos por aproximadamente 10 anos, e atualmente vive no Ecoparque de Mendoza, Argentina. Vive separadamente de Pocha, Guilhermina e Kenya, que serão transferidas transferidas para o SEB no primeiro semestre de 2021.

Ajude-nos a construir um novo lar para Tamy

Para que Tamy e outros machos asiáticos possam ser resgatados são necessários investimentos na construção e desenvolvimento do habitat para machos asiáticos, os quais incluem:


A primeira fase do habitat para machos asiáticos será a casa de Tamy e outros 2 machos asiáticos.

Doe Agora

A construção inclui:

A) Centro Médico e 3 recintos que comportará 3 Machos Asiáticos:

Tubo de aço para baias e calhas de contenção:

R$ 347.366

R$ 64.129

Concreto:

R$ 154.978

Aço-vergalhões, suportes de portão, paredes de treinamento:

R$ 51.303

Elétrica - luzes, fios, tomadas:

R$ 988.658

Cerca de tubo de aço para 3 recintos (4 hectares no total):

R$ 51.303

Sistema Elétrico para galpão:

R$ 104.209

Infraestrutura:

R$ 1.761.946,00

Total:

#VemTamy

Você pode ajudar a devolver ao Tamy o que lhe foi tirado há décadas

Doe Agora

Sem recintos, não é possível resgatá-los. Os elefantes que aguardam por uma nova chance dependem da ajuda de todos para que possamos construir parte de seu novo lar no SEB!


Nossa maior urgência, onde nossos apoiadores podem causar o maior impacto, é a construção das estruturas dos habitats, que abrigarão machos asiáticos. O futuro de Tamy e de outros machos asiáticos, que nesse momento aguardam a transferência para o SEB, depende disso.


Nosso caminho para o resgate dos elefantes é longo, entretanto, o apoio e as contribuições de nossos apoiadores nos fortalecem e nos incentivam a continuar nosso trabalho em prol dos elefantes!


Somos uma organização sem fins lucrativos, nossa existência depende das doações de pessoas e instituições que, como você, abraçam a causa dos elefantes.


Em função disso, necessitamos do maior número de doadores que nos ajudam com todos os custos operacionais, altíssimos, tornando possível a continuidade do trabalho do santuário. A ajuda de nossos apoiadores é muito importante em todas as fases do processo, desde a construção da estrutura física, até os resgates.


No SEB, contraditoriamente, as cercas significam liberdade para mais elefantes em cativeiro, à espera de resgate.

Tão importante quanto ajudar no resgate e transporte de um elefante, é contribuir para a construção dos recintos para onde os elefantes serão transferidos.

Sua contribuição é mais do que uma doação, é como se juntos, fornecemos aos elefantes a oportunidade de se curar e aprender a viver novamente.

Doe Agora

Em caso de dúvidas ou mais informações de como doar, entre em contato através do formulário ao lado.

Em caso de dúvidas ou mais informações de como doar, entre em contato através do formulário abaixo.

Esta campanha transaciona os recursos arrecadados em uma conta digital transparente, com operações registradas em blockchain.


CAMPANHA TRANSPARENTE

SAIBA MAIS

2020 Welight ®

Esta campanha utiliza as soluções da Welight para arrecadar recursos. Uma organização que vai além da tecnologia para acelerar as transformações necessárias para um futuro mais justo e sustentável.